O surgimento da pandemia do novo coronavírus no país, veio influenciar o agravamento da escassez de sangue nas unidades sanitárias, isto por conta da redução significativa da frequência dos dadores aos diferentes pontos de colheita.Mesmo assim e, embora sem avançar números concretos, a Directora do Banco de Sangue do Hospital Central de Maputo (HCM) Sandra Oficiano, conforta os utentes, garantindo existirem quantidades suficientes para cobrir as necessidades de sangue desta unidade sanitária.Segundo a dirigente, que fez tais pronunciamentos durante a cerimónia de lançamento da 2ª edição da campanha de doação de sangue hoje (14) lançado pelo HCM, em parceria com o Absa Bank Moçambique, espera-se que sejam colhidas ao longo dos próximos cinco dias, quantidades significativas do precioso líquido.A campanha, promovida sob o lema, “Eu sou vida e dou vida”, visa segundo Rui Barros, Administrador Delegado daquela instituição financeira, apoiar para uma maior disponibilidade dos níveis de stock deste precioso líquido nas unidades sanitárias.Para além do HCM, Barros sublinhou que a iniciativa irá abranger as cidades da Beira, Nampula e Quelimane sendo que, em cada um destes pontos, durará em média, cinco dias.O ponto mais alto do lançamento da campanha que no HCM já vai na sua 2ª edição e que este ano, coincide com a comemoração do dia mundial do dador de sangue, foi marcado por doação de sangue, esperando-se que venha a estender-se até a sexta-feira próxima.No entanto, e mesmo diante deste conforto, o Director Geral do HCM, Mouzinho Saíde, não desperdiçou a oportunidade e voltou a apelar para a permanente adesão dos voluntários aos pontos de colheita, como forma de garantir quantidades suficientes do precioso líquido. A par desta iniciativa, o HCM vem promovendo campanhas regulares de colheita de sangue em diferentes pontos, como igrejas, quarteis, escolas, instituições publicas e privadas, sendo que, actualmente, são colhidas quarenta unidades, contra as setenta que antes eram obtidas.Este ano, as celebrações do dia mundial do dador de sangue, decorrem sob o lema “Doe Sangue e Mantenha o Mundo a Pulsar”. (HCM-DCI)

Leave a Comment