PROFISSIONAIS DE SAÚDE CAPACITADOS EM TÉCNICAS DE DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DE CANCRO

Trinta profissionais de saúde foram capacitados durante o mês de Novembro no Hospital Central de Maputo, em colposcopia, um exame indispensável na prática da ginecologia moderna e LEEP (loop electrosurgical excision procedure), um procedimento de excisão eletrocirúrgica de alça, utilizado no diagnóstico e tratamento do cancro do colo do útero.

Este curso, que surge no âmbito da 12ª Conferência Bienal da Organização Africana de Pesquisa e Treino em Cancro (AORTIC) que decorreu de 5 a 8 de Novembro na cidade de Maputo, reuniu diversos profissionais de saúde de Moçambique e Malawi.

A capacitação tinha por objectivo transmitir conhecimentos teóricos, e actualizar os participantes sobre técnicas e práticas de diagnóstico e tratamento das lesões induzidas pelo HPV, através de aulas expositivas e participativas ministradas por palestrantes qualificados provenientes da Rice University e MD Anderson.

O HPV (sigla em Papilomavírus Humano) é um vírus que infecta a pele ou mucosas (oral, genital ou anal), tanto em homens quanto em mulheres e é o principal vírus causador do cancro, estando associado ao desenvolvimento de tumores do colo do útero, do ânus e da boca.

Esta acção de formação, promovida por uma equipa médica brasileira e americana de oncologia ginecológica, serviu ainda para consolidar os conhecimentos dos participantes para a melhoria do diagnostico e tratamento das lesões pré-invasivas do cancro do colo do útero, o que vai permitir aprimorar as abordagens clínicas.

Esta não é a primeira vez que uma formação do género é levada a cabo na maior unidade hospitalar do país sendo que nos anos anteriores, ocorreu no mês de Outubro, escolhido também para promover campanhas para consciencializar e alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce do cancro da mama e do colo do útero.

#JuntosPorUmHospitalMelhor